quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Fraude ou Jogo de cartas marcadas? Governo do Estado beneficia aliados de Caxias que não se encaixam ao programa Cartão Transporte Universitário

Com o objetivo de ajudar jovens que precisam percorrer distâncias de mais de 100 km entre suas residências e as instituições de ensino onde estão matriculados com o auxílio de R$ 800 por semestre letivo, o programa Cartão Transporte Universitário, de iniciativa do Governo do Estado, teve sua relação de sorteados divulgada na noite desta terça-feira (26), e gerou uma onda de reclamação de estudantes que esperavam terem seus nomes inseridos na lista.
Denúncias mostram que o programa foi possivelmente fraudado (ou a fraude teria sido no sorteio?""), por alguns candidatos que fizeram suas inscrições de forma irregular. Fomos informados que muitos estudantes que moram e estudam no município de Caxias fizeram suas inscrições utilizando comprovantes de residências de outras cidades. Alguns teriam conseguido talões de energia com parentes que possuem residência fixa em outra cidade. Outros contaram com a ajuda de amigos para falsificar contratos de aluguel.
Também recebemos prints de grupos de WhatsApp que mostram que alguns universitários conhecem pessoas que conseguiram obter sucesso na fraude. Em uma das conversas um jovem questiona o fato de sua colega, que foi sorteada, não utilizar um ônibus para chegar a faculdade. O estudante é reprendido por outro que escreve “Deixa a menina receber os 800 R$”.
Outro print mostra uma estudante tratando como injusto o resultado do sorteio e revela que muitos caxienses estão na lista. Outra universitária afirma que conhece algumas dessas pessoas.
Os candidatos fraudadores devem ficar atentos, pois uma declaração que foi obrigatoriamente assinada por todos que fizeram suas inscrições, alerta os estudantes para as penalidades criminais em caso de falsidade. O documento também prevê a exclusão definitiva do programa e a devolução dos valores recebidos.
Cartão Transporte Universitário
O Cartão Transporte Universitário é uma iniciativa do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado Extraordinária da Juventude (Seejuv) e Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), e vai atender estudantes matriculados em cursos presenciais e com regime diário de aulas em Instituições de Ensino Superior públicas ou privadas no Maranhão.
O programa recebeu um total de 3.155 inscritos. Para semestre 2017.2, beneficiará mil universitários com o auxílio de R$ 800, em parcela única.
Por Marco Silva













Nenhum comentário:

Postar um comentário