quarta-feira, 31 de maio de 2017

Mais uma do Caso Socorrão e os desmandos do Governo do Estado!

Após denuncias de que os funcionários contratados para trabalharem no Hospital Macro Regional de Presidente Dutra estariam com suas carteiras presas pela administração do Hospital a mais de 60 dias (VEJA AQUI), e de que os mesmo estariam sofrendo Assédio Moral por parte da Administração (VEJA AQUI), a novidade agora é que após mais de 60 dias com as carteiras apreendidas, a administração agora resolveu devolvê-las, porém com um detalhe: NENHUMA CARTEIRA FOI ASSINADA! Pasmem caros leitores, a empresa contratada pelo Governo do Estado continua lesando os funcionários e isso é crime.
"X, da Constituição Federal. - violação do(s) Consolidação das Leis do Trabalho, artigo 29, §4º; Código Civil, artigo... DO EMPREGADOR/EMPREGADO / INDENIZAÇÃO POR DANO MORAL. Alegação(ões): - violação do(s) artigo 5º, inciso V; artigo 5º, inciso... 186; artigo 927. - divergência jurisprudencial".
Agora só resta aos trabalhadores lesados por essa empresa, apresentarem denuncia formal ao Tribunal Regional do Trabalho e terem seus direitos garantidos.
QUE VERGONHA GOVERNADOR!







Prefeitura Municipal de Dom Pedro emite nota explicando o Caso da Merenda Escolar

O Blog Procurou o setor administrativo da Prefeitura Municipal de Dom Pedro, e pediu esclarecimento sobre o caso que repercutiu na cidade, onde o Ministério Público pediu a suspensão do contrato de fornecimento da merenda escolar.
Em resposta a Prefeitura nos enviou uma nota, CONFIRA:

NOTA A IMPRENSA


Acerca da notícia de que o Ministério Público do Maranhão pediu a suspensão de um contrato referente ao fornecimento de merenda escolar ao Município de Dom Pedro, sobre a acusação de superfaturamento de preços e irregularidades na licitação, a Administração Municipal, firme em seu compromisso com o povo e com a verdade, informa que:                      
O Ministério Público do Maranhão em Dom Pedro consultou informalmente três empresas locais sobre os preços dos 19(dezenove) produtos da merenda escolar. As três empresas consultadas encontram-se em débito com a Receita Federal (o que inclui débitos com o INSS), com o FGTS de seus empregados e ainda estão inscritas no cadastro de devedores trabalhistas. Este fato torna tais empresas inadequadas para fornecer propostas de preço ao Município, pois quem sonega impostos e não respeita os direitos trabalhistas de seus empregados logicamente fornecerá preços mais baixos que empresas legalmente corretas.                      
A consulta realizada também desconsiderou o fator FORMA DE PAGAMENTO. Os preços praticados no mercado de varejo ou atacado são diferentes para pagamentos à vista e à prazo. Os preços cotados em comércios locais referem-se para pagamentos à vista, enquanto os preços ofertados para a Administração Pública são sempre para pagamentos a prazo (no mínimo 30 dias entre a entrega do produto e seu recebimento). A Lei de Licitações permite inclusive que o fornecedor fique até 90 (noventa) dias sem receber.                      
Em que pese tudo isso, para comprovar a adequação do preço, o Município realizou um comparativo de preços praticados em idênticas licitações de Presidente Dutra, Imperatriz, Santa Inês, Timon e constatou que os preços da licitação de Dom Pedro ficaram mais de R$ 10.000,00 (dez mil reais) mais baratos que o preço médio praticado naquelas cidades.                      
O fato de apenas uma empresa ter participado da licitação não representa uma irregularidade, pois houve a informação através de Diário Oficial do Estado e publicação em grande jornal de circulação em todo Estado do Maranhão. Não há qualquer notícia de obstáculo criado pela Gestão Municipal à participação de empresas no certame.

Por fim, as irregularidades de data eventualmente existentes na licitação também não conduzem a sua anulação. Antes disso, são falhas de serviço atribuíveis exclusivamente ao servidor que cometeu tal falha.




terça-feira, 30 de maio de 2017

Polícia Federal intercepta telefonema de Aécio Neves e Gilmar Mendes

Telefonema comprometedor interceptado pela Polícia Federal, deve incriminar Aécio Neves e Gilmar Mendes.
Vejam o Vídeo:





Agitador apresenta falsas Denuncias nas Redes Sociais contra Centro de Especialidades Odontológicas de Dom Pedro.

Indivíduo da Cidade de Dom Pedro apresenta falsas denuncias sobre o CEO (Centro de Especialidades Odontológicas) em Dom Pedro, o mesmo usou o Aplicativo Whatsapp para espalhar inverdades.
Segundo a falsa notícia espalhada pelo mesmo, ele e algumas pessoas procuraram os serviços do CEO e não foram atendidos por falta de material, manda recado pro Secretário de Saúde e ameaça fazer denuncia no MP. O Blog Procurou os responsáveis pelo Centro de Especialidades Odontológicas que de imediato nos responderam negando todas as acusações e ainda nos informaram que o atendimento está normal e que há sim material para fazer os tratamentos oferecidos e o atendimento segue dentro da normalidade e está disponível a tantos quantos necessitarem dos serviços.
Devido á falsa notícia, o responsável pode responder por Calúnia (art. 138); Difamação (art. 139) e Injúria (art. 140), além de sofrer um processo por danos morais, pois profissionais que trabalham nesse departamento, se sentiram ofendidos com a falsa notícia.





BOMBA! Mais uma do Caso Socorrão.

Após denuncia aqui no Blog de que a Empresa contratada pelo Governo do Estado estaria lesando os funcionários contratados (Veja Aqui), agora mais denuncias chegam por parte dos funcionários.
Na manhã de hoje o titular desse Blog veio até a Cidade de Presidente Dutra, e acabou se deparando com uma situação nada confortável vivida pelos funcionários do Hospital Macro Regional de Presidente Dutra (Socorrão). De acordo com vários funcionários, após as denuncias expostas aqui no Blog, a Diretora Administrativa do Socorrão ameaçou advertir os funcionários por expor uma situação por eles sofrida. Além de serem lesados do ponto de vista trabalhista, agora os funcionários sofrem Assédio Moral, ou seja, um crime sobreposto a outro.Os desmandos do Governo e seus comandados chega a ser de um absurdo extremo.

Assédido Moral é Crime! Lei 12250/06 | Lei nº 12.250, de 9 de fevereiro de 2006






segunda-feira, 29 de maio de 2017

Aroeira Produções, Registre seus Momentos Conosco!

Agora na Cidade de Dom Pedro, uma Nova Produtora Audiovisual!
Contamos com Equipamentos de Alta Qualidade pra melhor produzir e tornar seus momentos festivos inesquecíveis.
Confira:






domingo, 28 de maio de 2017

Onda de Assaltos toma conta da Cidade de Dom Pedro

Hoje por volta das 6 horas da manhã, mais uma moto foi tomada de assalto, dessa vez a vítima foi a Senhora Lenilda filha de Dona Onecilda, segundo informações repassadas ao Blog, a Senhora Lenilda que trabalha como cuidadora de um idoso, vinha do serviço e ao passar próximo ao cemitério São João Batista foi abordada por dois indivíduos armados que lhe tomaram sua moto de assalto.
Quem tiver informações de uma moto Pop, Placa OJD 9222 favor entrar em contato com a Senhora Lenilda 99 99143 0428 ou com a Polícia Militar 99 99126 9411.
Essa onda de assaltos tem aterrorizado à População de Dom Pedro, na semana passada também foi tomada de assalto uma moto titan 150 com 10 dias de comprada, o assalto se deu na estrada do Cento do Primo já nas proximidades do povoado. 
A sensação de insegurança por parte da população está em um nível altíssimo, por onde se passa na cidade, o que se comenta é sobre os acontecidos. 




sábado, 27 de maio de 2017

Denuncia! Empresa Contratada pelo Governo do Estado para prestar serviço ao Socorrão em Presidente Dutra, Lesa Funcionários.

Empresa contratada pelo Governo do Estado para prestação de serviços no Hospital Macro Regional de Presidente Dutra (Socorrão), mantem apreendida as carteiras de trabalho de funcionários contratados.
Segundo a denuncia que chegou ao Blog, a Empresa Bio Saúde, que foi contratada como uma espécie de terceirização aos serviços prestados ao Hospital Macro Regional (Socorrão), localizado na cidade de Presidente Dutra, a 60 dias pediu as Carteiras de Trabalho aos funcionários contratados, com a promessa que assinaria, só que o tempo passou, e os funcionários descobriram que não foram assinadas e também a empresa reteve as carteiras guardadas sem devolver aos respectivos donos.
O Art 53 da CLT descreve:" A Empresa que receber Carteira de Trabalho e Previdência Social para anotar e a retiver por mais de 48 horas ficará sujeita a multa de valor igual à metade do Salário-minimo regional". Assim, caso isso aconteça, o trabalhador poderá fazer a denuncia ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT).




sexta-feira, 26 de maio de 2017

Desaparecido!

Senhor conhecido na cidade de Dom Pedro como zé da água, está desaparecido a 8 dias, quem tiver informações do paradeiro dele favor entrar em contato com os seguintes números 99 99169 4500 ou 99 991149756.




quinta-feira, 25 de maio de 2017

Ladrão de Moto é flagrado por Câmera de Segurança em Dom Pedro

O suspeito do roubo foi flagrado por câmeras de segurança que ficam próximo ao bar do Luizinho local de onde a moto foi roubada. Segundo informações, a dias esse rapaz frequentava o estabelecimento, ganhou a confiança dos proprietários e acabou realizando o intento. Quem tiver informações sobre a motocicleta Bis cor Rosa, Placa NMV 3254, ligue 991539516 falar com Lívia ou procurar o Bar do Luizinho, ou ligue pra Polícia Militar de Dom Pedro 99 991269411.
Vejam o Vídeo:






quarta-feira, 24 de maio de 2017

Vândalos de Esquerda ateiam fogo em Ministérios em Brasília e Forças Armadas podem tomar o poder a qualquer Momento

Como está sendo noticiado em todas as emissoras de TV, o que era pra ser um protesto, se transformou em ato de vandalismo, hoje em Brasília e no Rio de Janeiro, vândalos de ideologia esquerdista depredaram o patrimônio público e até atearam fogo nos prédios dos ministérios. Segundo o que está sendo noticiado, o Presidente Michel Temer pediu a ação imediata das forças armadas, e segundo a alguns noticiários mais sensacionalistas, as forças armadas podem tomar o poder a qualquer momento com o intuito de restabelecer a lei e a ordem, até que eleições indiretas sejam marcadas.